São Francisco do Sul - mais notícias

Orla do Ervino será revitalizada em 2019

Data de inclusão: 23/12/2018 19:51
Um convênio assinado no último dia 21 de dezembro com o Ministério do Turismo garantirá o repasse, ainda em 2018, de R$ 3,21 milhões de verba federal para a realização de obras de revitalização da orla da Praia do Ervino, que compreenderá a urbanização e a pavimentação da via, com a construção de calçadão, passarelas e ciclovia, em 2019. Foi a última ação institucional da Prefeitura de São Francisco do Sul no ano de 2018.
 
“Esta iniciativa é um marco na história da Praia Grande do Ervino, que é uma das áreas mais importantes para a expansão e o crescimento da cidade, por conta dos potenciais turístico e econômico que o bairro oferece. Mas, acima de tudo, queremos beneficiar os cerca de 6 mil moradores do local, promovendo melhorias para as suas atividades cotidianas, e atrair um número ainda maior do que os 70 mil turistas que o bairro recebe todo ano, no verão”, afirma Renato Gama Lobo.
 
O montante faz parte de convênio negociado pelos secretários de Governo, Marcos Arzua, e de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Santos, diretamente com o Ministério do Turismo, no âmbito do Programa de Apoio a Projetos e Infraestrutura Turística, que tem como finalidade desenvolver o turismo nos municípios brasileiros, dotando-os de infraestrutura para permitir a expansão das atividades turísticas, a adequação dos acessos e a melhoria da qualidade do produto para o turista. Foi a última ação institucional da Prefeitura de São Francisco do Sul no ano de 2018.
 
Pelo cronograma, a Prefeitura abrirá licitação ainda no primeiro trimestre de 2019 para escolher a empresa que ficará responsável pela execução das obras, que deverão ocorrer  ainda no primeiro semestre.
 
A pavimentação da orla soma-se a uma série de outros projetos idealizados no segundo semestre de 2018 e que foram implementados após a realização do ajuste fiscal que saneou as contas da Prefeitura e de uma reforma administrativa que, com um novo colegiado de secretários, será voltada para uma guinada na gestão Renato Gama Lobo / Valmor Barretta Júnior. Além deste montante, oriundo do Programa de Apoio a Projetos e Infraestrutura Turística do MTur, São Francisco do Sul obteve um total de mais de R$ 50 milhões do BNDES (Prodetur + Turismo) e do Badesc para a realização de obras de infraestrutura em toda a cidade. 
 
Alguns projetos já estão em execução, como a captação de investimentos privados por meio da atração de grandes empresas para o município. Nos últimos seis meses, a prefeitura negociou a vinda de grandes redes atacadistas, como Preceiro (Rede Top) e Fort Atacadista, e varejistas, como Angeloni e Havan, além de empreendimentos industriais como o grupo holandês Golar Power (único no país a fazer a regaseificação de gás natural), CMO (construção de um aeroporto de cargas) e Pier 30 (condomínio retroportuário). O movimento se estendeu também às empresas locais do varejo (Supermercados Litoral) e do segmento portuário (Master, Logibras, Extracargo e Serrana), que realizaram investimentos de expansão para aproveitar o boom de crescimento que São Francisco do Sul vivenciará no ano que vem. Para o primeiro semestre de 2019, companhias de outros segmentos também deverão chegar à cidade, ampliando a oferta de produtos e serviços aos moradores e turistas.

Imagens relacionadas

Orla do Ervino será revitalizada em 2019