São Francisco do Sul - mais notícias

Prefeitura adere consórcio para compra de medicamentos e economiza

Data de inclusão: 07/11/2017 15:49
E se o Município tivesse a opção de comprar medicamentos mais baratos e, com isso, economizar para aquisição de mais materiais aumentando sua eficiência? Foi isso mesmo que a Secretaria Municipal de Saúde fez. São Francisco do Sul aderiu ao CIMCatarina, Consórcio Intermunicipal Catarinense, que garante a compra conjunta entre cidades de todo o estado com preços melhores por meio de licitações compartilhadas. 
 
Além do quesito preço, outro fator levado em conta para a adesão foi a garantia de entrega. Muitos fornecedores deixaram de entregar medicamentos à Secretaria por estarem com pagamento atrasado. Em janeiro de 2017, havia pouco mais de R$ 569 mil em contas a pagar referentes a fornecedores de medicamentos e materiais para a saúde. 
 
Muitos medicamentos já chegaram, outros estão sendo providenciados, pois como a Prefeitura aderiu ao consórcio no meio do ano, não foi possível participar das licitações anteriores, mas a partir de agora o abastecimento ficará mais regular. “Mesmo diante de todas as dificuldades, temos buscado alternativas não só para prestar o atendimento  essencial à comunidade, mas também para proporcionar novos serviços”, explica a secretária municipal de Saúde, Nádia Raposo.
 
De acordo com o prefeito Renato Gama Lobo, a economia gerada pela licitação compartilhada do consórcio vai possibilitar que mais itens sejam comprados. “Estamos trabalhando por um novo momento da saúde francisquense. Sei que há muito o que ser feito, mas nosso esforço em dar à população um serviço de qualidade tem norteado o nosso trabalho diário”, frisa o prefeito.
 
Só para se ter uma ideia da vantagem que o CIMCatarina trará ao município, a Secretaria já providenciou a compra para abastecimento de fitas de HGT para todo o ano de 2018 que chegará ao valor de, no máximo, R$ 259 mil. Esse mesmo item, se adquirido via licitação própria, custaria R$ 448 mil. Outro exemplo de economia é a Oxicarbazepina, medicação psiquiátrica que nem consta na lista no Ministério da Saúde, mas em razão da demanda vinda da comunidade, a Secretaria de Saúde fornece. Na região, apenas São Francisco do Sul e Guaramirim fornecem este medicamento.
 
Confira a diferença do preço de alguns itens:
Oxicarbazepina (caixa com 30 unidades)
Licitação própria R$ 37,80
CIMCatarina R$ 14,70
 
Gase (unidade)
Licitação própria R$ 0,59 
CIMCatarina R$ 0,03
 
Carbonato de Lítio (caixa com 30 unidades)
Licitação própria R$ 15,00
CIMCatarina R$ 4,35
 
Material médico-hospitalar (seringa, termômetro, lençol, agulhas, etc) para quatro meses
Licitação própria R$ 543.931,95
CIMCatarina R$ 211.353,70

Imagens relacionadas

Prefeitura adere consórcio para compra de medicamentos e economiza