Praias

Você está em: Página Inicial > A Cidade > Praias

Em São Francisco do Sul, o espetáculo da natureza explode em vida no mar, na baía, nas ilhas, nas montanhas do continente, na Mata Atlântica, nas praias.

Do alto do Morro do Pão do Açúcar o mesmo em que os franceses, há 500 anos, plantaram uma cruz de madeira, a 150 metros de altitude, descortina-se toda a Ilha de São Francisco do Sul, a Baía da Babitonga, e a Vila da Glória, alongando seus domínios até o sopé da Serra do Mar. Indiscutivelmente, o espetáculo é de uma beleza única, espetacular!

A baía e as ilhas

A Babitonga é a maior baía navegável do estado de Santa Catarina. Estendendo-se no sentido Leste / Oeste, é abrigada do vento Sul, tornando suas águas democráticas; pode-se navegar pela baía em potentes lanchas, em silenciosos veleiros e em pequenas canoas. O porto e o centro da cidade, com seu casario histórico, ficam logo na entrada, depois de ultrapassada a barra. Ao fundo da baía depois de passar por 24 ilhas, chega-se à Lagoa de Saguaçu e ao Rio Cachoeira, caminho percorrido pelos imigrantes que fundaram Joinville.

Vila da Glória e Mata Atlântica

A Vila da Glória faz parte do Distrito do Saí, na parte continental do município, no lado Norte da Baía da Babitonga. A Capela de Nossa Senhora da Glória, no centro da vila, integra o conjunto de monumentos históricos; a construção da primeira aconteceu em 1855. Nas proximidades, também podem ser encontrados vestígios do Falanstério do Saí. Camarões grados, mariscos servidos em porções generosas, filés de peixe recém pescado fizeram a fama de diversos restaurantes, espalhados ao longo da costa continental. Mas a principal riqueza do lugar é mesmo a natureza pródiga da Mata Atlântica, quase intocada, com cachoeiras e bromélias, que se estende do mar até as encostas da Serra do Mar. O transporte até a Vila da Glória é feito em barcos-lotação que partem do trapiche central de São Chico.

Praias

Como um colar, as muitas praias rodeiam a ilha. E há ainda praias na Vila da Glória e nas dezenas de ilhas da Baía da Babitonga. Bem perto do centro, a Praia de Paulas, na verdade uma seqüência de pequenas e tranqüilas praias Inglês, Figueira, Salão e Calixto seduz os nativos e as famílias.

A Praia do Forte e Capri, esta também ancoradouro de veleiros, mesmo afastadas do centro, apresentam águas igualmente calmas. Enseada, Ubatuba e Itaguaçu formam o núcleo cosmopolita e moderno do verão na ilha, com movimento intenso e permanente, vida noturna agitada, hotéis, restaurantes e comércio variado, além de uma generosa faixa de areia e águas cálidas disputadas por centenas de veranistas. A Prainha é point dos surfistas. A Praia Grande e a Praia do Ervino, voltadas para o Atlântico, atraem particularmente os solitários e os praticantes da pesca de arremesso.