Porto de São Francisco do Sul

No Século XVII, quando efetivamente teve início a colonização de Santa Catarina, a vila e o porto de São Francisco do Sul foram importantes bases de apoio para a conquista e o desenvolvimento de toda a região Sul do Brasil. Ainda hoje, esta relação de interdependência continua a existir entre cidade e porto.

O maior porto catarinense e o 5º maior do Brasil recebe embarcações com até 12 metros de calado. Tem cinco berços de atracação, 975 metros de cais, 8.000 m² de armazéns próprios e 70 mil m² de armazéns terceirizados. A área disponível para cargas frigorificadas tem capacidade estática para 6.800 TUs (contêineres de 20 pés).

Essencialmente exportador, é o principal porto graneleiro do estado. Movimenta aproximadamente 5,4 milhões de toneladas/ano. Principais produtos exportados: compressores, carrocerias de ônibus, madeira, papel, móveis, cerâmica, carne congelada, soja, milho, autopeças, têxteis.

Informações: 471-1200 ou www.apsfs.sc.gov.br